11/07/2024 às 10h43min - Atualizada em 11/07/2024 às 10h43min

Reoneração da folha e repactuação da dívida dos estados devem ser votadas na próxima semana, anuncia Pacheco

O presidente do Senado Federal, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), se reuniu nesta quarta-feira (10) com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) sobre a votação da compensação da desoneração da folha de pagamentos e a repactuação da dívida dos estados

Jonathan Ferreira - itatiaia.com.br
WADEMIR BARRETO / AGENCIA SENADO

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), anunciou nesta quarta-feira (10) que a votação da proposta de compensação da desoneração da folha de pagamentos, que poderia ocorrer ainda hoje, ficou para a próxima semana. Pacheco conversou com jornalistas após uma reunião com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), no Palácio do Planalto.

No encontro, os dois debateram a proposta de compensação e o projeto de lei, de autoria do senador Rodrigo Pacheco, que trata da repactuação da dívida dos estados com a União. A matéria contempla Minas Gerais, que tem um débito de cerca de R$ 160 bilhões com o governo federal.

Pacheco revelou que Lula cobrou um alinhamento entre o Legislativo e o Executivo. O presidente do Senado admitiu que o texto que trata da repactuação da dívida dos estados passará por mudanças.

“há, de fato, alguns pontos que o Ministério da Fazenda tem o ponto de vista, os estados têm seu ponto de vista, nós temos também. Então, é só buscar alinhar. Mas o cerne está mantido: a possibilidade de entrega de ativos, e a redução da alíquota do indexador de juros”, afirmou Pacheco.

Presidente da ALMG, base e oposição defendem que STF conceda mais prazo para discutir divida de MG
A votação deve ocorrer até 17 de julho, quando será iniciado o recesso parlamentar.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://portalg7.com.br/.