31/05/2024 às 11h09min - Atualizada em 31/05/2024 às 11h09min

Prefeitura leva pontos de Wi-Fi público para 218 vilas e favelas de Belo Horizonte

De acordo com a PBH, o Wi-Fi público está em 100% das vilas, favelas e conjuntos habitacionais, com 2.125 pontos de conexão.

Cleane Lima - minhaoperadora.com.br
Divulgação/PBH

Nos últimos anos, a Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) tem intensificado a democratização do acesso à internet para a população, com destaque para iniciativas que levam conectividade para vilas e favelas da cidade. Atualmente, 218 vilas, favelas e conjuntos habitacionais estão conectadas, com diversos pontos de Wi-Fi público, além da doação de equipamentos para moradores da capital em situação de vulnerabilidade social.

Divulgação/PBH
Essas áreas contam com mais de 2.100 pontos de Wi-Fi público, sendo que ao todo, são mais de 4.600 pontos de conexão e 3 milhões de acessos em todas as regionais da cidade, que é suportado pela estrutura de 2 mil km de fibra óptica.

De acordo com a PBH, mais de 3,3 milhões de cidadãos já usufruíram do acesso à internet gratuita, sendo que no mês de abril foram registrados quase 36 milhões de conexões na rede pública de Wi-Fi, além de mais de 200 mil novos usuários.

De acordo com o diretor-presidente da Prodabel, Jean Mattos, qualquer pessoa pode acessar a rede que está distribuída em praças, avenidas, pontos turísticos e em diversos equipamentos públicos.

“A iniciativa se empenhou especialmente em levar tecnologia às regiões mais vulneráveis da capital e, hoje, 100% das vilas e favelas da cidade contam com a cobertura da Prefeitura. São 2.125 pontos implantados somente nessas áreas. Esse é um fruto do trabalho do Programa Vila + Conectada, conduzido pela Prodabel, que vem mudando a vida de milhares de pessoas. Além disso, celebramos recentemente 100 praças de BH com Wi-Fi”, destacou Mattos.

Por meio dos pontos de Wi-Fi público, os cidadãos podem acessar serviços oferecidos online, como demandas bancárias e de negócios, bem como exercer o empreendedorismo digital sem precisar sair de casa, assim como o que é oferecido no portal da Prefeitura de BH.

A Prefeitura, através de equipamentos doados, também disponibiliza notebooks, computadores, smartphones e/ou tablets, para a parcela carente do município. Atualmente, 2,5 mil aparelhos já foram doados com finalidade social.

Além dos pontos de Wi-Fi gratuito e da doação de equipamentos, a Prefeitura de Belo Horizonte oferece mais de 130 telecentros espalhados pela capital, espaços com livre acesso a computadores. Nos telecentros são realizadas atividades cotidianas. Além disso, por meio do Programa de Inclusão Digital, são oferecidos cursos gratuitos em Tecnologia da Comunicação e Informação (TIC) através da plataforma EAD. De 2022 a abril de 2024, mais de 13 mil certificados foram emitidos.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://portalg7.com.br/.