29/05/2024 às 11h49min - Atualizada em 30/05/2024 às 00h01min

O poder do amor: como as mães moldam um futuro melhor para o mundo em crise

MAIARA BACHI - DINAMICA CONTEUDO
Pexels/Pixabay

Laina Brambatti 

Diretora da Cataventura, filósofa, mestre em ética e pesquisadora do método Montessori

Recentemente comemoramos o Dia das Mães. Celebramos não apenas aquelas que nos trouxeram ao mundo, mas também a essência do amor, uma força silenciosa e poderosa que sustenta a humanidade. Em meio a crise climática e ao sentimento de impotência que nos toma, milhares de mulheres doam tempo de suas vidas e seus corpos para nutrir e proteger as infâncias. 

Diferentemente da força bruta, a verdadeira evolução humana foi impulsionada pelo amor. Esse sentimento profundo que motiva a maternagem e faz com ofertemos gratuitamente o melhor de nós. Amar é ação que gera esperança. Não apenas define humanidade, mas também promove as conexões mais belas e significativas ao longo da nossa história.

Onde a capacidade de amar é escassa, predominam os impulsos destrutivos. Embora uma criança possa crescer sem amor e ainda assim desenvolver resiliência, é evidente que a violência e a destrutividade muitas vezes se originam da falta de afetos amorosos na infância. O amor recebido nos primeiros anos é crucial para uma vida digna; apenas indivíduos que se sentem valorizados podem prosperar em uma comunidade que promove o crescimento mútuo.

Contrariamente à crença de que o progresso pode ser alcançado a qualquer custo, a verdadeira evolução não ocorre às custas da destruição. A forma como as mulheres vêm enfrentando os desafios associados à sua capacidade de gerar vidas é um exemplo a ser seguido na gestão de nossas comunidades. Elas nos mostram que o verdadeiro progresso está associado ao cuidado e respeito mútuo. Valorizar a natureza e as mulheres com sua força geradora de vida é também nutrir o amor e os valores associados a ele.

Nesse momento, somos convidados a refletir sobre o papel indispensável que o amor maternal desempenha na sociedade. Não se trata apenas de um amor que nutre, mas que transforma, protege, educa e inspira gerações. No enfrentamento de desafios sem precedentes, a capacidade de amar que as mães demonstram é a nossa maior esperança para um futuro mais humano e compassivo.


 

Notícia distribuída pela saladanoticia.com.br. A Plataforma e Veículo não são responsáveis pelo conteúdo publicado, estes são assumidos pelo Autor(a):
MAIARA BACHI
[email protected]


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://portalg7.com.br/.