28/05/2024 às 11h13min - Atualizada em 29/05/2024 às 20h00min

Ferroviários seguem inseguros. Governo e empresas ignoram a situação

Por José Claudinei Messias, presidente do Sindicato dos Trabalhadores Ferroviários

MARIANA TABATIANO
Crédito - Divulgação
Segurança é um tema de muita preocupação para a população brasileira. As reclamações, histórias de terror e medo se repetem a cada roda de conversa. Com os ferroviários, infelizmente, não tem sido diferente. 
Quem trabalha com trens de carga na Baixada Santista e em cidades do interior do Estado de São Paulo passa por situações tensas, que colocam a integridade física e até mesmo a vida em risco. Os assaltos se tornaram constantes e o uso de violência faz parte do modo de operação dos criminosos.
As empresas conhecem o problema – até porque são comunicadas periodicamente. De nossa parte, exigimos providências e proteção aos funcionários, mas ao que parece a saúde/segurança dos ferroviários não faz parte da planilha de custos das ferrovias. A segurança na operação ferroviária está em risco.
Nos resignamos à dura realidade de desprezo das autoridades e das empresas, mas continuamos cobrando a proteção à vida dos ferroviários. Se necessário, tomaremos medidas junto ao Ministério Público para garantir que a categoria tenha segurança durante o trabalho, o que deveria ser o mínimo para qualquer trabalhador.

Notícia distribuída pela saladanoticia.com.br. A Plataforma e Veículo não são responsáveis pelo conteúdo publicado, estes são assumidos pelo Autor(a):
FERNANDA DE SOUZA MARTINS
[email protected]


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://portalg7.com.br/.