28/05/2024 às 11h21min - Atualizada em 28/05/2024 às 11h21min

CPI ouve servidores da Prefeitura de BH sobre contrato sem licitação para limpeza da Lagoa da Pampulha

Vereador questiona que opção por contrato com empresa impediu cidade de buscar novas tecnologias para dar fim ao problema da sujeira no espelho d'água

Lucas Pavanelli - itatiaia.com.br
RODRIGO CLEMENTE / PBH

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga contratos da Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) com empresas privadas para a limpeza da Lagoa da Pampula ouve, nesta terça-feira (27), duas pessoas que já foram investigadas em uma primeira edição da Comissão, realizada no ano passado, e que terminou sem a aprovação de um relatório final.

Diretor de Gestão de Águas Urbanas, Ricardo de Miranda Aroeira, e a engenheira Ana Paula Fernandes Viana Furtado, lotada no mesmo órgão, serão ouvidos na condição de investigados.

No ano passado, a CPI da Lagoa da Pampulha pediu o indiciamento de ambos por um suposto envolvimento em uma articulação envolvendo a prefeitura e empresas terceirizadas por meio de contratos firmados nos últimos anos. Sem votação no documento, a CPI “caducou” e foi arquivada.

Senador Cleitinho questiona Davi Brito sobre dinheiro de doações ao RS e diz que vai acionar o MP
Nesta nova edição da CPI, Aroeira e Ana Paula Furtado devem se manifestar sobre as razões para a contratação, por dispensa de licitação, de uma empresa que “comprovadamente não logrou êxito no cumprimento de contratos anteriores para a limpeza da Lagoa da Pampulha”, segundo consta no requerimento de convocação aprovado pela CPI.

O autor dos requerimentos é o presidente da Comissão, vereador Bráulio Lara (Novo), que critica os servidores por terem insistido em um contrato que não trouxe soluções eficazes para a limpeza da Lagoa.

“Desta forma, a cidade de Belo Horizonte não pôde receber propostas de outras técnicas ou tecnologias que poderiam permitir um tratamento mais efetivo da Lagoa da Pampulha, como indicariam os próprios pareceres das entidades de apoio contratadas pela Prefeitura”, afirmou o parlamentar.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://portalg7.com.br/.