22/05/2024 às 10h02min - Atualizada em 26/05/2024 às 00h01min

Biossoluções são alternativas sustentáveis para agricultores enfrentarem com sucesso mudanças climáticas

MARIANA TABATIANO
Crédito - Divulgação - Acadian
As mudanças climáticas têm representado um grande desafio para os agricultores. O fenômeno El Niño vem interferindo, e muito, no desempenho da atual safra. Diante desse cenário problemático, os agricultores estão apostando em biossoluções para combater as adversidades climáticas, minimizando riscos e mantendo a produtividade. “Soluções sustentáveis, como os extratos da alga marinha Ascophyllum nodosum, por exemplo, fortificam as raízes das plantas desde o estabelecimento dos cultivos, além de  maximizar o rendimento e a qualidade da cultura contribuindo para um sistema radicular saudável”, explica Ricardo Dias, Head Business da Acadian Plant Health (APH) no Brasil e no Paraguai.
O especialista detalha que os extratos da alga Ascophyllum nodosum são eficazes justamente pelas características ambientais da alga de zonas intermaréproveniente de áreas frias do Atlântico Norte “proporciona maior eficiência no uso de nutrientes, ajudando em programas de gerenciamento de fertilizantes e proporcionando melhor eficiência hídrica nas plantações durante eventos de estiagem prolongada". Esses ganhos são fundamentais em períodos de incerteza sobre o fluxo das chuvas, causados por El Niño.
Ricardo Dias esclarece que, por suas características de enfrentamento às temperaturas extremas, a Ascophyllum nodosum se torna cada vez mais uma importante aliada dos produtores rurais, não apenas na época de plantio, mas durante todo o período da safra. Afinal, conforme demonstrou relatório do Copernicus, observatório do planeta ligado à União Europeia, 2023 foi o mais quente da história.
“Sabemos que você não pode controlar o clima, mas pode decidir como suas plantas de defendem, nossos produtos e extratos são uma grande ferramenta agronômica que trabalha com os sistemas internos das plantas.” O diretor da APH afirma que, além de diversos benefícios para as culturas agrícolas, os extratos da Ascophyllum nodosum são sustentáveis, não causando nenhum dano ao planeta. “As algas marinhas são um recurso regenerativo e participam da cadeia de abastecimento sustentável, sem retirar recursos do planeta.”
Sobre a Acadian Plant Health
A Acadian Plant Health (APH), fundada em 1981 no Canadá, é a maior empresa independente de colheita, cultivo e extração de plantas marinhas do mundo, além de líder internacional em soluções biológicas sustentáveis baseadas em ciência para cultivos de alto valor, bem como para cultivos em larga escala. A empresa está comprometida com o desenvolvimento de produtos inovadores patenteados, com foco em sustentabilidade e agricultura regenerativa. Com atuação em mais de 80 países e cerca de 400 colaboradores no mundo, a APH se dedica a pesquisas com Ascophyllum nodosum, alga marinha que deu origem a seus bioativadores. 

 

Notícia distribuída pela saladanoticia.com.br. A Plataforma e Veículo não são responsáveis pelo conteúdo publicado, estes são assumidos pelo Autor(a):
FERNANDA DE SOUZA MARTINS
[email protected]


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://portalg7.com.br/.