23/05/2024 às 11h57min - Atualizada em 23/05/2024 às 11h57min

Olimpíadas que Transformam, da Cemig, reúnem mais de 200 jovens na fase final em BH

Primeira edição promove o intercâmbio entre nove projetos patrocinados pela companhia em Minas Gerais

- Rádio Patrulha
(Infes/Divulgação)

Depois de uma intensa maratona de jogos em 14 cidades mineiras, as Olimpíadas que Transformam chegam à fase final, que será realizada no Sesc Venda Nova, em Belo Horizonte. Mais de 200 jovens vão disputar as finais das modalidades futsal, vôlei, handebol, judô e taekwondo entre os dias 30 de maio a 1º de junho. Serão 110 meninos e 110 meninas buscando um lugar do pódio do torneio amistoso patrocinado pela Cemig, que é uma das principais apoiadoras do esporte em Minas Gerais.

A fase classificatória das Olimpíadas que Transformam reuniu mais de 600 jovens, entre 12 e 14 anos, de nove projetos patrocinados pela Cemig em Minas Gerais via Lei do Incentivo ao Esporte. As cidades que sediaram etapas foram Viçosa, Juiz de Fora, Barbacena, Minas Novas, Governador Valadares, Montes Claros, Grão-Mogol, Cássia, Contagem, Betim, Belo Horizonte, Sabará, São José da Lapa e Cruzília.

Os jovens foram divididos em categorias e por países que mais conquistaram medalhas nas Olimpíadas, emulando a principal competição esportiva mundial. 

De acordo com o gerente de Sustentabilidade da Cemig, Adiéliton Galvão Freitas, destaca que o objetivo da competição é incentivar a prática esportiva de crianças e adolescentes, utilizando o esporte como ferramenta de inclusão e transformação social.

“A Cemig continua comprometida em fazer a diferença na vida das pessoas e em contribuir para a construção de uma sociedade mais justa e inclusiva. Com as Olimpíadas que Transformam, reafirmamos nosso compromisso com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas assegurando uma educação esportiva inclusiva que promova oportunidades de aprendizagem aos beneficiários dos projetos que fizeram esse bonito intercâmbio nas Olimpíadas que Transformam”, afirma.

A coordenadora de eventos Instituto de Formação Esportiva e Social (Infes) – instituição que está executando a competição, Cintia Neves, participou de todas as etapas classificatórias e destaca a oportunidade de intercâmbio entre os jovens por meio do torneio. 

“O projeto ‘Olimpíadas que Transformam’ foi marcado por momentos inesquecíveis já em sua etapa classificatória, com destaque para uma orquestra em Cássia e torcida organizada em Governador Valadares. Com a participação de 220 alunos na etapa final, o evento oferece uma variedade de atividades esportivas, culturais e tecnológicas, promovendo não apenas a prática esportiva, mas também a inclusão social”, afirma. 

Cíntia Neves também completa que “o projeto enfatiza valores como disciplina, trabalho em equipe e resiliência, fundamentais para o sucesso na vida. Muitos atletas olímpicos começaram suas jornadas em programas sociais semelhantes, evidenciando o impacto transformador do projeto. Assim, ele deixa um legado significativo, capacitando indivíduos a alcançarem seu potencial máximo dentro e fora do esporte”, ressalta. 

Finalistas terão álbum de figurinhas
Um dos destaques da fase final das Olimpíadas que Transforma será a distribuição do kit do participante, que inclui um álbum de figurinhas de todos os competidores, que poderão eternizar esse momento.

“Todas as equipes receberão os seus exemplares, com a foto de todos os participantes, informações sobre as Olimpíadas que Transformam e dos projetos apoiados pela Cemig”, explica Adiéliton Galvão Freitas.

Cemig e o importante incentivo ao esporte mineiro
Sabendo da importância do esporte como ferramenta essencial para o desenvolvimento social, a Cemig acredita e apoia essa prática como incentivo ao bem-estar das comunidades onde atua. Nos últimos cinco anos, a empresa investiu cerca de R$ 30 milhões, beneficiando quase 20 mil jovens em toda a área de sua atuação em Minas Gerais.

Anualmente, a Cemig lança edital de chamada pública para selecionar projetos que promovam a prática de esportes e que ofereçam benefícios sociais e de cidadania, especialmente para crianças e adolescentes.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://portalg7.com.br/.