16/05/2024 às 10h22min - Atualizada em 17/05/2024 às 04h01min

Empresa do setor alimentício avalia real situação do abastecimento de arroz devido ao cenário atual no Sul

A Cestas Super Brilho, produtora de cestas básicas e de Natal, utiliza cerca de 8 mil toneladas do grão por ano

MáRCIA STIVAL ASSESSORIA
divulgação
 

Com as inundações que acometeram 80% do Rio Grande do Sul, o mercado alimentício passou a especular sobre um possível desabastecimento de diversos itens, já que o Estado é um dos principais produtores de grãos e laticínios, entre eles o arroz.

 

Contudo, não existem indícios reais de que isso irá acontecer: “Atualmente, o fornecimento de alimentos está sendo mantido de forma equilibrada, graças à incansável força de trabalho do povo brasileiro”, declara Paulo Lucci, gestor comercial da Cestas Super Brilho, uma das cinco maiores empresas de cestas básicas e de Natal do Brasil. 

 

Embora o suprimento seja mantido normalmente, o mercado já observa o aumento nos preços de produtos como arroz, soja, leite e carne bovina, especialmente porque boa parte dessas commodities são provenientes das bacias produtoras do RS. 

 

“As inundações nos campos de lavoura têm sido um desafio adicional, afetando a produção e contribuindo para pressões nos valores dos alimentos. Além disso, questões logísticas também desempenham um papel significativo na alta, com caminhos alternativos muitas vezes exigindo trajetos três ou quatro vezes mais longos para contornar as interrupções nas estradas”, relata Lucci. 

 

No entanto, a resiliência da cadeia de abastecimento garante que o país continue sendo suprido de alimentos, mesmo diante desses obstáculos. Somado a isso, iniciativas de produtores e do poder público também reforçam a presença dos itens na mesa do brasileiro.


Notícia distribuída pela saladanoticia.com.br. A Plataforma e Veículo não são responsáveis pelo conteúdo publicado, estes são assumidos pelo Autor(a):
MARCIA ROSANE STIVAL
[email protected]


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://portalg7.com.br/.