13/05/2024 às 12h13min - Atualizada em 13/05/2024 às 12h13min

Supermercado em BH acalma clientes e diz que não vai faltar arroz

Dias após limitar compra de arroz, rede afirma que não é preciso estocar o alimento, já que não há risco de desabastecimento

- Estado de Minas
Maioria dos supermercados de Belo Horizonte não deve fazer racionamento - (crédito: Redes sociais)

Depois de limitar a compra de arroz, uma rede de supermercados em Belo Horizonte acalmou os clientes e, na última sexta-feira (10/5), afixou cartazes afirmando que o cereal não vai faltar na cidade. No início da semana passada, a reportagem do Estado de Minas flagrou uma mensagem na filial da rede no Bairro Grajaú, na Região Oeste da capital, em que o estabelecimento restringia a compra em até cinco pacotes.

A limitação se daria em virtude dos estragos causados pela enchente no Rio Grande do Sul, maior produtor de arroz no país. A tragédia no Sul, que destruiu plantações e inundou silos, onde o arroz já colhido estava estocado, pode reduzir a oferta no mercado interno. A corrida aos supermercados, no entanto, foi amenizada pelo mercado que, no novo comunicado, garante aos consumidores que "não vai faltar arroz".

Durante a semana, o presidente Lula também tentou tranquilizar a população, afirmando que o país poderá importar arroz de países da América do Sul para manter os preços e os estoques em todo o país.

Como mostrou o EM, a maioria dos supermercados de Belo Horizonte não deve fazer racionamento, já que a Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais garantiu que não faltará fornecimento devido à tragédia no Rio Grande do Sul.

Na semana passada, a rede de supermercados informou por nota que implementou medidas preventivas para garantir suprimento contínuo de arroz e assegurou que não vai faltar este item essencial em suas lojas.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://portalg7.com.br/.