06/05/2024 às 11h31min - Atualizada em 06/05/2024 às 11h31min

Prefeitura de Belo Horizonte transforma área degradada em ambiente saudável para a comunidade

- Prefeitura de Belo Horizonte
Foto: Paulo Leonardo / PBH

Nesse último final de semana, a Prefeitura de Belo Horizonte realizou o plantio de 242 mudas de árvores em duas áreas da cidade: próximo à Estação Diamante, na região do Barreiro, e no entorno de um olho d’água, no bairro Serrano, onde também foram entregues melhorias para a comunidade local.

No sábado (04), em uma ação integrada da Secretaria Municipal de Meio Ambiente – SMMA com a Superintendência de Limpeza Urbana – SLU, a Subsecretaria de Fiscalização – SUFIS, a Coordenadoria de Atendimento Regional do Barreiro – CARE-B, a Subsecretaria de Segurança Alimentar e Nutricional – SUSAN, a Secretaria de Saúde – SMSA, a Secretaria de Educação – SMED, a Fundação de Parques Municipais e Zoobotânica – FPMZB e a Guarda Municipal, foram plantadas as primeiras 180 mudas  em uma área de 10.725 m², outras 206 mudas serão plantadas no local.

Trata-se de uma área onde foi criado um Ponto Limpo, programa da Superintendência de Limpeza Urbana (SLU), que tem o objetivo de transformar áreas degradadas em ambientes saudáveis para a comunidade. Antes da implantação de um Ponto Limpo, é feita uma campanha educativa com toda a vizinhança do entorno.

Terminada essa fase, o local é limpo e recebe uma placa, com os dizeres “Ponto Limpo – Proibido jogar lixo e entulho. Lançar resíduos neste local constitui crime ambiental. Sujeitos a multa”. Muitas dessas áreas também ganham plantio de árvores, jardins, cercas e pequenas obras. Assim, o que antes era alvo de descarte dos mais variados tipos de resíduos, como restos de construção civil, móveis velhos, e até mesmo os domiciliares, torna-se um local agradável para todos desfrutarem.

Ao eliminar os descartes irregulares, os Pontos Limpos evitam o aparecimento de insetos e roedores e as consequentes doenças, além de melhorar o aspecto visual dessas áreas, o que impacta positivamente na qualidade de vida das comunidades do entorno. Atualmente, Belo Horizonte possui mais de 400 Pontos Limpos instalados em lugares antes prejudicados pelas deposições clandestinas.

O processo de recuperação dessa área no bairro Diamante foi iniciado há cerca de dois anos pelo Grupo de Trabalho (GT) local e envolveu representantes de diversas secretarias municipais que uniram esforços para resolver um problema persistente de deposição clandestina de lixo.

O compromisso do GT foi claro: abordar as questões cruciais e implementar soluções eficazes para revitalizar o espaço. Foram implementadas medidas de segurança, como o fechamento da área para evitar acessos não autorizados, a construção de passeios, a atuação permanente da equipe de Fiscalização e da Guarda Municipal que garantiram a segurança e a integridade do espaço, inibindo atividades ilegais e protegendo os esforços de revitalização.

Além das melhorias físicas, a área recebeu ações ambientais e sociais mais amplas: a recuperação da mata ciliar e a implantação de uma horta comunitária de agroecologia, com a participação ativa da comunidade Vila Pinho, uma das mais prejudicadas com a degradação do local.

No evento realizado no sábado, foram plantadas árvores nativas, como ipês e guapuruvu, e frutíferas, como goiaba, pitanga e jabuticaba, dentre outras. Além desse plantio, foram feitas atividades de educação ambiental, para conscientizar os moradores do impacto negativo que os descartes irregulares têm no meio ambiente e na qualidade de vida das pessoas.

Para o secretário interino de Meio Ambiente e presidente da Fundação de Parques Municipais e Zoobotânica, Gelson Leite, a ação deste sábado foi importante não apenas para apresentar à comunidade uma área recuperada, como também para a conscientização dos moradores em relação às deposições clandestinas e à preservação do local.

“Esse plantio de hoje irá contribuir para deixar este local mais arborizado, gerando um impacto positivo na qualidade de vida destas pessoas. Além disso, o projeto Ponto Limpo tem uma característica fundamental que é o trabalho de educação ambiental, orientando os munícipes a realizarem seus descartes da maneira correta, preservando, assim, o meio ambiente”.

Recuperação de nascentes
Na sexta-feira (03), o projeto de Recuperação Ambiental de Nascentes, da Gerência de Recursos Hídricos – GERHI, da Secretaria de Meio Ambiente, entregou à população as melhorias do entorno do olho d’água existente na área da EMEI Sarandi, no bairro Serrano. O secretário Gelson Leite, servidores da SMMA e alunos da EMEI Sarandi participaram de um plantio de 62 mudas de espécies nativas próximo ao olho d’água.

Durante a ação, atividades de educação ambiental também foram feitas, com a participação da Diretoria de Gestão Ambiental – DGEA, através da Gerência de Educação Ambiental, da Secretaria de Meio Ambiente.

Um dos atrativos para os estudantes foi a nova trilha de pedrinhas, que foi uma das melhorias entregues para a população. Nela, os estudantes puderam vivenciar sensações diferentes, em meio a um intenso contato com a natureza.

Outra melhoria entregue à comunidade foi um deck, além de limpeza do terreno e do olho d’água, preparo para o plantio e controle das leucenas. As mudas foram doadas pelo viveiro da Fundação de Parques Municipais e Zoobotânica. As obras e o plantio tiveram custo de R$ 43 mil, e os recursos foram provenientes de compensação ambiental.

Ainda há melhorias a serem feitas no local, mas elas serão realizadas pela Secretaria Municipal de Educação – SMED. Serão implementadas outras trilhas para percepção ambiental das crianças e para proteção da área.

Em 2023, o projeto de Recuperação Ambiental de Nascentes, da SMMA, realizou ações de plantio em duas áreas de nascentes da Bacia da Pampulha. Em 2024, já foram feitos plantios nas áreas de recarga do Parque Enseada das Garças e no Parque do Trevo, além da EMEI Sarandi.

A DGEA está levantando novas áreas em outras regionais de Belo Horizonte que possam ser contempladas pelo projeto assim que houver recursos disponíveis.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://portalg7.com.br/.