05/05/2024 às 10h36min - Atualizada em 05/05/2024 às 10h36min

Onda de calor: baixa umidade do ar em BH causa riscos à saúde

Segundo a Defesa Civil, a umidade relativa do ar na capital prevista para hoje é de 25%.

- hojeemdia.com.br
Temperatura máxima na capital chega a 31ºC neste domingo. (Hoje em Dia)

A qualidade do ar em Belo Horizonte segue em baixa neste domingo (5). De acordo com a Defesa Civil municipal, a previsão meteorológica indica que o dia será de céu claro com temperatura diurna elevada. A temperatura máxima estimada é de 31°C. A umidade relativa mínima do ar segue em torno de 25%, como ontem. 

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o ideal é que a umidade fique entre 50% e 80%. Números abaixo disso são prejudiciais para a saúde, podendo causar desconforto nos olhos, boca e nariz, ressecamento da pele e dores de cabeça. Para o meio ambiente, o tempo também representa perigo, pois aumentam o risco de incêndios florestais. 

Além de beber muita água, umidificar o ambiente e evitar a exposição ao sol nas horas mais quentes do dia, esse tempo requer outros cuidados especiais. Segundo a Defesa Civil, não é recomendado praticar atividades físicas e nem consumir bebidas diuréticas, como café a álcool. 

Uma onda de calor é caracterizada pelo aumento dos índices em até cinco graus por três ou mais dias consecutivos. Desta vez, o fenômeno é provocado por uma massa de ar quente e seco que promove um bloqueio atmosférico, impedindo a chegada de frentes frias.
Confira orientações da Defesa Civil:

Hidrate-se durante o dia;

⠀Prefira alimentos leves e frescos, como saladas, frutas, carnes grelhadas;
⠀Evite frituras;
⠀Durma em local arejado e umedecido por aparelhos umidificadores, ou ainda coloque uma bacia com água;
⠀Evite atividades físicas ao ar livre e exposição ao sol entre as 10 e 17 horas;
⠀Evite banhos com água muito quente, para não potencializar o ressecamento da pele, se necessário use hidratante;
  Em caso de problemas respiratórios procure um especialista;
  Não provoque queimadas em lotes vagos, matas ou florestas. Em caso de incêndio avise imediatamente, ao Corpo de Bombeiros (193), Defesa Civil (199) ou Polícia Militar (190).

Índice pluviômetro
Pelos padrões da Organização Meteorológica Mundial (OMM), a unidade de medida de precipitação é o milímetro (mm). A escolha se deve a razões práticas: 1 mm de espessura corresponde a 1 litro de água em um espaço de 1 metro quadrado.

Portanto, a medida em milímetros apontada nas previsões de tempo ou nos relatórios sobre chuvas considera que cada unidade corresponde a 1 litro em uma área de 1 metro quadrado.

Uma chuva de 10 mm corresponde a 10 litros de água em uma superfície plana de 1 metro quadrado. Dentro desse conceito deve-se considerar:

Chuva fraca: abaixo de 5,0 mm/h
Chuva moderada: entre 5,0 e 25 mm/h
Chuva forte: entre 25,1 e 50 mm/h
Chuva muito forte: acima de 50,0 mm/h

Alertas
Os moradores de Belo Horizonte podem receber os alertas de risco de chuvas fortes, granizo, tempestades, vendavais, alagamentos, risco de deslizamentos de terra e outros fenômenos meteorológicos pelo Canal Público do WhatsApp: https://bit.ly/DefesaCivilBH

A população também pode acompanhar os alertas e as recomendações da Defesa Civil por SMS. Para se cadastrar, basta enviar uma mensagem de texto com o CEP da sua rua para o número 40199 e uma mensagem de confirmação será enviada na sequência. O serviço não tem custo. 

Pelas redes sociais os alertas podem ser acompanhados por meio do Instagram, X, Facebook e pelo canal público do Telegram no endereço: defesacivilbh.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://portalg7.com.br/.